Siga a SOS Corpo

Visitas
1417913

O que é massagem?

Podemos defini-la como um conjunto de manobras, aplicadas com as mãos (nem sempre), sobre a pele com finalidades, normalmente,  estéticas ou terapêuticas. 


O termo massagem poderia ser comparado a um "guarda-roupa" no qual encontramos vestimentas para diferentes ocasiões. Notem que é a ocasião que determinará o estilo de roupa que usaremos.

Não podemos usar a mesma roupa em todas as ocasiões. Assim é com a massagem.

Existem diferentes estilos com efeitos distintos. O Massoterapeuta (Massagista Terapêutico) deveria conhecer o maior número possível destes estilos para diversificar seu "guarda-roupa" e, assim, estar melhor qualificado para abordar os diferentes problemas com os quais se vê confrontado diariamente.

Antes de conhecermos alguns destes estilos convém saber sobre o que atua a massagem. A massagem pode atuar de maneira a proporcionar um Equilíbrio Energético.

Neste prisma destacam-se, em especial, as massagens orientais como o Shiatsu, Do-In (auto-massagem), Massagem Ayurvédica entre outras.

Os estilos ocidentais objetivam, na sua maioria, a atuação  Neurocirculatória ou seja: Efeitos sobre o  Sistema Nervoso e Circulação de Retorno, Venosa e Linfática (em 2º plano temos os efeitos sobre os demais tecidos).

Alguns exemplos nesta concepção são a Massagem Sueca, a própria Massagem Neurocirculatória e a Drenagem Linfática.

Ainda nesta ótica inserem-se as massagens chamadas Reflexas (preferimos chamá-las de Sensibilizações) e que são feitas em partes do corpo como pés (Podal), mãos (Quirodal) e orelhas (Auricular) buscando os mesmos efeitos, ou seja, atuar sobre órgãos do corpo  via  Sistema Nervoso Central (SNC). 

Efeitos das Massagens que atuam no Sistema Nervoso e Circulatório

 

    Os efeitos das massagens sobre o Sistema Nervoso e Circulatório serão, num primeiro momento, sobre os sistemas nervoso, circulatório de retorno (venoso e linfático ) e, num segundo plano sobre outros sistemas do corpo, em especial o Sobre o Sistema Urinárioque, devido a troca de líquidos nos tecidos se vê obrigado  a depurar o sangue fazendo urina.

 

 

O que a massagem faz nestes sistemas?

 

No Sistema Nervoso: 

 

  Quando Lenta e Superficial (LS) poderá, através do  Sistema Nervoso Periférico  Sensor – SNPs, que levará os estímulos ao Sistema Nervoso Central - SNC, que  acionará o Sistema Nervoso Autônomo Parassimpático - SNA-P,  que inibirá o Sistema Nervoso Autônomo Simpático - SNA-S  acalmando, relaxando  o paciente (indicada nos casos de Stress)

 

  Quando Rápida e Superficial (RS),  por gerar um grande número de estímulos nos folículos sensores da pele, pode excitar o SNC, que  acionará SNA-S propiciando condições para que, entre outras coisas, ocorra a  neuroplasticidade (indicada para os acometidos por AVC – DVE).

 

  Ambas as maneiras (LS – RS) podem provocar Analgesia, o alívio de dores. Há algumas teorias sobre como isso se dá. Uma delas é a das “Comportas da Dor” e a que diz que “O SNC prioriza as sensações do presente em detrimento das do passado”.

Segundo esta última, a massagem superficial, por levar ao SNC sensações que refletem o presente, como o tato, o calor ou frio, a pressão das mãos, recebem “a preferência” de atenção em detrimento da “dor” que representa o passado, ocorrendo desta maneira a analgesia.

 

No Sistema Circulatório:

 

   Para atuar sobre o Sistema Circulatório a massagem deverá ser suficientemente profunda para, pela pressão, otimizar a troca de líquidos (intersticial para venoso ou linfático, arterial para intersticial, oportunizando as trocas com o líquido Intracelular) desintoxicando e nutrindo os tecidos. Esta forma de massagem auxilia também o retorno venoso e,ou, linfático.

 

    Quando a intenção do terapeuta for a de  promover uma desintoxicação de tecidos, a massagem deverá ser Lenta e Profunda (LP). “Lenta” para permitir que as trocas ocorram sem nenhuma lesão nos tecidos e “Profunda” para atuar, por pressão, na otimização da troca de líquidos necessária para a limpeza do tecido. 

 

  Quando o interesse for o de nutrir tecidos (massagem mais usada nos tratamentos estéticos e desportivos de preparação) a massagem poderá ser efetuada de uma maneira Rápida e Profunda (RP). “Rápida” para abundar a oferta de nutrientes e “Profunda” para, pela pressão, atuar nos líquidos, otimizando as trocas metabólicas .

 

Indicações e Contraindicações da Massagem Neurocirculatória

 

    A massagem Neurocirculatória estará indicada toda vez que seus efeitos,  o incremento  na desintoxicação dos tecidos, na nutrição celular, e a influência no Sistema Nervoso (Periférico, Central ou Autônomo),  acalmando, excitando, aumentando o peristaltismo, se houver nas  áreas massageadas, forem benéficos ao paciente e, estará contraindicada toda vez que o incremento da desintoxicação dos tecidos ou dos efeitos sobre o Sistema nervoso, anteriormente descrito, forem prejudiciais ao paciente.

 

  Se tivermos em mente estes dois fundamentos, não precisaremos de uma lista de indicações e outra de contra-indicações. 

 

Efeitos da Massagem Neurocirculatória em outros tecidos

 

A Massagem Neurocirculatória também  produz efeitos nos diferentes tecidos e órgãos do do corpo:

 

* Sobre o Tecido Adiposo:

 

          O favorecimento da troca de líquidos implicará na melhora da circulação periférica que dará condições aos adipócitos, em especial os superficiais, de "manterem" sua carga, impedindo a sedimentação que dá origem a celulite.

 

* Sobre o Tecido Muscular:

 

          A massagem desintoxica a musculatura pelo retorno venoso e linfático, nutre e, dependendo das manobras utilizadas, pode tonificá-la.  

 

* Sobre o  Tecido Ósseo:

 

          Está provado, mediante trabalhos científicos, que o contato do músculo com o osso (fáscia no periósteo) previne e combate a Osteoporose. Usar a massagem Osteossensibilizante.

 

* Sobre o Sistema Digestório:

 

          Quando feita sobre o "quadrado intestinal" previne e combate a constipação do mesmo.

 

* Sobre o Sistema Glandular Endócrino:

 

          Através da troca de líquidos recupera hormônios "perdidos" possibilitando que encontrem seus "alvos". Atenua os sintomas da menopausa.

 

* Sobre o Sistema Linfático - Imunológico:

 

         Colabora com o retorno linfático formando "nova linfa" através da pressão nos tecidos. Melhora as defesas por ativar a circulação dos linfócitos e direcionar mais "liquido" para os linfonodos.

 

* Sobre o Sistema Respiratório:

 

          Com manobras adequadas (percussão / tapotamento) obtém-se melhoras nas vias respiratórias (brônquios e bronquíolos).

 

* Sobre o Sistema Urinário:

 

          A troca de líquidos nos tecidos obriga o sistema urinário a depurar o sangue fazendo urina. Isto colabora com a "limpeza" do próprio sistema diminuindo a retenção de líquidos.

 

* Sobre o Sistema Circulatório:

 

 Por sua ação mecânica, a massagem Sueca facilita o retorno  venoso e linfático. O trabalho do terapeuta pode fazer com que tecidos com pouca circulação sejam alcançados Com este incremento circulatório todos os órgãos melhoram.

 

 

 

ATENÇÃO: Para não expor o paciente a um acidente vascular, verifique a Pressão Arterial (PA) antes de aplicar qualquer estilo de massagem.

A massagem deitada , quando lenta, colabora para diminuição arterial, contudo um hipertenso deve ser orientado a deitar-se vagarosamente, preferencialmente em etapas. 

A "PA"  limite para que possamos fazer massagem corporal profunda,  sem riscos, é a de 150/090. A Insuficiência Renal igualmente é uma contra - indicação absoluta para a massagem profunda ou Drenagem Linfática.

Importa destacar que o tempo de uma Massagem Neurocirculatória  profunda (terapêutica ou estética) ou de uma Drenagem Linfática pelo Método Propeli® não deverá ser muito prolongada, (mais de 40') pois, após este tempo, a otimização da troca de líquidos não beneficiará mais o paciente que estaria recebendo, como líquido intersticial  o que era sangue arterial, mas que ainda não sofreu purificação nos rins por falta de tempo hábil ou de líquido disponível para formar Urina. Isto  pode ser amenizado quando orientamos o paciente a beber água antes e após a massagem. 

Entendemos que uma eficiente massagem Neurocirculatória profunda ou Drenagem Linfática pelo Método Propeli não poderá ser feita de maneira a cobrir o corpo inteiro em apenas 40 minutos, contudo, será que todo o corpo estará necessitando deste tipo de abordagem? Não seria apenas uma determinada região?

Quando o terapeuta decide por aplicar a massagem profunda ou a Drenagem Linfática em todo o corpo, ou achar que levará mais tempo do que o recomendável, deverá fazê-lo por etapas.Desta maneira não estará expondo o paciente a um dano previsível
 

 

CONSIDERAÇÕES:

Ao utilizarmos a massagem com o objetivo de auxiliar a circulação de retorno venosa e,ou, linfática ou incrementar seu objetivo que é a desintoxicação de tecidos,  devemos entender que nossa intervenção não é natural.

Algo esta acontecendo, sobrecarregando ou impedindo os sistemas de desintoxicação e nutrição naturais de operarem adequadamente.

Nosso sucesso como terapeutas não está em efetuarmos “artificialmente” a "limpeza" ou nutrição e sim em descobrir e solucionar a causa do transtorno.

Se não tivermos esta preocupação seremos apenas “sintomáticos” em nossa abordagem, não objetivando a cura. Seremos apenas o 3º "faxineiro do corpo"(Venoso, Linfático e Massoterapeuta). 

A DOR igualmente deve ser vista desta maneira. Podemos intervir, com nossas técnicas, para neutralizá-la porém,  sem esquecer de buscar e tratar sua causa.   

   
Rubens Balestro
Fisioterapeuta
Massoterapeuta- DIFEP nº1956/SS/POA/RS
Diretor da Escola de Massoterapia SOS CORPO